Conteg Contabilidade

Cliente

Digite seu usuário e senha para visualizar seus relatórios:

07/05/2018

Possibilidade de Fracionamento das férias após a reforma trabalhista

 

 

A reforma trabalhista, Lei nº 13. 467/2017, alterou a Consolidação das leis do Trabalho (CLT), ocorrendo várias mudanças, dentre as quais, destacam-se as alterações nas férias.

Antes da reforma trabalhista as férias de 30 dias poderiam excepcionalmente ser fracionadas em até dois períodos, sendo que um deles não poderia ser inferior a 10 dias corridos com a possibilidade de 1/3 ser pago em forma de abono, bem como vedava o fracionamento para empregados menores de 18 anos e maiores de 50 anos.
Contudo, com a reforma trabalhista, o artigo 134 da CLT passou a ter nova redação, afirmando que caso haja concordância do empregado as férias poderão ser fracionadas em até 3 períodos mediante negociação, contando que um dos períodos seja de pelo menos 14 dias corridos e os demais não poderão ser inferior a cinco dias corridos cada um, e os menores de 18 anos e maiores de 50 anos também poderão fracionar, o que antes não era permitido.
Assim, caso seja da vontade do empregado fracionar as suas férias, este deverá negociar com o empregador mediante acordo entre as partes.

 

Fonte: JORNAL CONTABIL
<< Voltar
Site Contábil W2O Softwares para InternetConteg Contabilidade
Tel. (47) 3531-6900 - Rua Acadêmico Nilo Marchi, 51 - Sala 01 - Centro
89160-075 - Rio do Sul - SC
Acessar o Webmail